Oficina de trabalho, sistematiza a agenda propositiva do Projeto Integra

Uma oficina de trabalho do Projeto Integra, realizada nos dias 13 e 14 de outubro em São Paulo, reuniu a Comissão Organizadora e a Comissão Executiva do Projeto, para analisar todo o conteúdo produzido até o momento e definir as ações no último trimestre de 2022 e no primeiro trimestre de 2023.

A equipe de sistematização trabalhou de forma minuciosa para estudar e categorizar todas as contribuições, especialmente o material resultante dos debates nos grupos de trabalho e mesas redondas do 9º Simpósio Nacional de Ciência, Tecnologia e Assistência Farmacêutica, realizado na Fiocruz, no Rio de Janeiro.

Em setembro, o 9º Simpósio reuniu atores estrategicamente escolhidos com experiência em suas áreas, seja na academia, em pesquisa, nos serviços de saúde e no controle social. 

Priorizando a construção coletiva, a metodologia do simpósio buscou integrar as três políticas do Projeto, ou seja, a Assistência Farmacêutica, a Vigilância em Saúde e a Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde.

Os participantes foram divididos em grupos para discutir e propor ações com base em 8 temas pré-estabelecidos. A temática sugerida para o debate está descrita a seguir e surgiu dos encontros regionais realizados em sete capitais nas etapas anteriores do projeto.

Temas dos grupos de trabalho:
Desabastecimento de medicamentos e soberania sanitária
Propriedade intelectual e acesso a tecnologias
Doenças emergentes e reemergentes (equidade)
Serviços farmacêuticos baseados em necessidades sociais
Pesquisa baseada em necessidades sociais
Formação para a integração das políticas
Dados, tecnologias de informação e intervenção na saúde
Tecnologias do suporte diagnóstico em saúde

Levando em consideração o tema de cada grupo, os participantes do 9º simpósio, após a intervenção inicial de um especialista, foram convidados a discutir e definir metas a serem atingidas nos próximos 10 anos.

O material, agora finalizado, será reunido em uma publicação a ser lançada ainda este ano e que será amplamente divulgada em seminários e audiências públicas, buscando difundir e contribuir com o debate dos temas pela sociedade e pelos novos gestores e parlamentares eleitos em 2023.

O material contribui também para a construção, já nas etapas municipais, da 17ª Conferência Nacional de Saúde que será realizada de 2 a 5 de julho de 2023, com o tema Garantir Direitos e Defender o SUS, a Vida e a Democracia – Amanhã Vai Ser Outro Dia.

Josemar Sehnem – Enfar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *