SC: Fechado o acordo com o Sindicato do Comércio Varejista de Itajaí

O SindFar fechou, nesta segunda-feira (22) o acordo coletivo com o Sindicato Patronal do Comércio Varejista de Itajaí. O novo piso salarial para os farmacêuticos que atuam nas cidades abrangidas pelo acordo passará a ser de R$ 3.900,00 (três mil e novecentos reais).

 

 

O valor corresponde ao percentual do INPC de 3.94%, mais ganho real de 1,46%. O auxilio creche sofrerá reajuste de 3,94% e o Farmacêutico que ganha acima do piso terá a reposição de 3.94%.

Agora inicia o processo de homologação da convenção junto à Delegacia Regional do Trabalho, o que deve demorar de 15 a 20 dias. Os reajustes serão retroativos ao mês de março de 2019.

Os municípios abrangidos por esta convenção coletiva são os seguintes: Itajaí, Ilhota, Itapema, Penha, Balneário Piçarras, Luís Alves, Navegantes, Balneário Camboriú, Camboriú, Porto Belo, Canelinha, Tijucas, Nova Trento, Brusque, Guabiruba, São João Batista e Major Gercino.

Negociações com as demais áreas ainda não foram concluídas.

A proposta apresentada pelos representantes dos Sindicatos do Comercio Varejista, durante a primeira reunião de negociação realizada na Fecomércio no dia 21 de fevereiro, não agradou os representantes dos Farmacêuticos. Prevê apenas o reajuste pelo INPC (3,94%) pago em duas parcelas. A direção do SindFar já encaminhou contraproposta para análise dos representantes patronais e aguarda um posicionamento.

Os representantes da Federação das Indústrias descartaram a equiparação salarial proposta pelos farmacêuticos na primeira rodada de negociações. Diante dessa negativa o SindFar propôs além do reajuste do piso pelo INPC de 3.94%, o acréscimo de 5% de ganho real. Essa proposta ainda está sob análise patronal. Outra redada de negociação deve acontecer em breve, ainda sem data marcada.

O Sindicato dos Laboratórios de Análises Clínicas ainda está realizando suas assembleias e analisando o documento enviado pelo SindFar.

A Federação dos Hospitais ainda está realizando suas assembleias regionais. A negociação com o SindFar deve iniciar após esse processo.

As assembleias patronais do Sindicato das Empresas de Transporte e Cargas devem ocorrer somente no mês de abril.

Os representantes das distribuidoras ainda não se manifestaram formalmente quanto a proposta enviada pelo Sindfar/SC.

Fonte: SindFar-SC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *