Sinfar-SP: Firmada a CCT para a Indústria Farmacêutica

Mesmo com as dificuldades impostas pelo cenário político e econômico, foi firmada em 30 de maio, a Convenção Coletiva de Trabalho para os farmacêuticos da Indústria Farmacêutica. A negociação alcançou reajuste acima da inflação do período e os benefícios importantes foram reajustados com ganho real sobre a inflação como o PLR (aumento de 6,95% – inflação 4,57%); Adicional de RT e Co-RT, salários – (aumento de 5% – inflação de 4,57%).

 

 

Confira as principais garantias:

Data Base: 1º de abril de 2017

Reajuste de Salários:

– 5% (cinco por cento)

– para salários superiores a R$ 8.300,00 – reajuste fixo valor: R$ 415,00

– Adicional de Responsabilidade Técnica: R$ 2.389,09

– Adicional de Corresponsabilidade técnica: R$ 1.627,87

Jornada de Trabalho – 40 (quarenta) horas semanais

Participação nos lucros ou resultados:

Empresas com mais de 100 (cem) funcionários: R$ 2.188,00

Empresas com menos de 100 (cem) funcionários: R$ 1.577,00

Auxílio Funeral ou Invalidez: R$ 6.738,00

Vale Refeição diário: R$ 29,30

Auxílio filhos com necessidades especiais (valor mensal):

R$ 999,49 – limitação psicomotora, visual, auditiva, mental.

R$ 553,73 – outras limitações

Auxílio Creche: R$ 571,65

Cesta Básica:

Mais de 100 empregados – R$ 300,00

Até 100 empregados – R$ 201,40

Acesso aos medicamentos da indústria

Licença Maternidade 180 dias

Fique atento! A convenção coletiva de trabalho possui 72 cláusulas. Confira o documento na íntegra: http://bit.ly/1KnhuzM

Fonte: Sinfar-SP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.