RS: trabalhadores do HCPA aprovam reajuste do vale-alimentação por unanimidade

Os trabalhadores do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) aprovaram a proposta de reajuste do vale-alimentação por unanimidade, em assembleia realizada nesta quarta-feira (04), em frente à entrada do hospital, com a participação de representantes de vários sindicatos como o Sindifars, Sergs, Simers, Sindisaúde e Sindaergs. Na assembleia o Sindifars foi representado por seu presidente, Masurquede Coimbra.

O vale-alimentação será reajustado em 6% retroativos a 1º de abril de 2016, passando dos atuais R$ 445 para R$ 472,23. O Sindifars orientou a aprovação do reajuste, ressaltando que o grande ganho do ano de 2016 – e que permanecerá em 2017 – foi a unificação das negociações. A assembleia, por exemplo, foi convocada por 13 sindicatos. “O Sindifars e demais sindicatos tinham a proposta de 9,28% do IPCA. Estávamos construindo contra proposta de 6% retroativo a abril/16 e 3,28% em março/17. Mas as instâncias do governo Temer não aceitaram a proposta dos sindicatos. Na assembleia conjunta dos sindicatos então foi aprovada proposta do HCPA”, relatou a vice-presidente do Sindifars, Debora Melecchi.

Os diretores foram unânimes no entendimento de que o percentual de reajuste alcançado não foi o almejado. No entanto, sem a vigência da súmula 277 garantida, qualquer acordo coletivo que atinja sua data-base é suspenso até que se negocie um novo acordo, havendo, portanto, perda dos direitos assegurados nos acordos coletivos anteriores, até que se finalize nova negociação. Assim sendo, se a proposta fosse recusada, no entendimento dos sindicatos, os trabalhadores poderiam chegar à próxima data-base (01 de abril de 2017) sem o reajuste retroativo garantido na assembleia e ainda com os direitos já adquiridos suprimidos.

Fonte: Sindifars

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *