Farmacêuticos mobilizados em busca do piso nacional

Durante um debate realizado na Universidade Paulista (UNIP) em Ribeirão Preto, na quinta-feira, 9 de junho, o relator do projeto (PL 1559/2021) que cria o piso salarial nacional dos farmacêuticos, deputado federal Ricardo Silva do PSD de São Paulo, disse que o momento é favorável para a aprovação da proposta, indicando que a união da categoria é a chave para que o objetivo da luta por uma remuneração justa seja atingido.

“Nós temos aqui as condições para que tudo dê certo, temos CFF, a Fenafar e os sindicatos, temos o Conselho Regional de Farmácia aqui de São Paulo, todos articulados num só rumo. Eu acredito que o momento é de centrar forças no piso salarial sem diferenciar quem atua no SUS de quem atua numa farmácia, não pode haver divisão entre profissionais da mesma categoria”, ponderou.

O vice-presidente da Federação Nacional dos Farmacêuticos (Fenafar), Fábio Basílio, representou a entidade no evento e destacou que esse é um momento decisivo para a valorização do trabalho farmacêutico.

“Para o movimento sindical dos farmacêuticos, que é quem senta nas mesas de negociações com os sindicatos patronais, a definição do piso nacional é decisiva para efetivar conquistas que reconheçam o valor do trabalho farmacêutico”, disse.

O deputado relator aproveitou o evento organizado pelo CRF-SP e a presença de lideranças da categoria como o vice-presidente Fenafar, Fábio Basílio, da presidente do Sindicato dos Farmacêuticos de São Paulo (Sinfar-SP), Renata Gonçalves e da diretora regional sudeste da Fenafar, Ana Claudia Navarro, para informar que pretende apresentar um piso de­ R$ 6.500,00 como proposta inicial em seu relatório.

“Eu acredito que a sugestão de um piso no valor de R$ 6.500,00 reais é uma sugestão ponderada. O texto está aberto para que outras propostas cheguem. Nós vamos ouvir todo mundo, e temos pressa. Vamos aproveitar que o piso da enfermagem passou e mostra que o farmacêutico vive uma situação de sofrimento semelhante”, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.