; FENAFAR:: Federação nacional dos Farmacêuticos - Fenafar

Notícias por Categorias

A Tribuna Livre da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) recebeu nesta terça-feira, 16, o presidente do Sindicato dos Farmacêuticos do Estado de Sergipe (SINDIFARMA-SE), Dalmares Sá. Representando várias classes de profissionais da saúde, ele fez um apelo pela equidade de salários entre os vários grupos da área.

Seguindo a tramitação legal, devido a ausência de negociação com o sindicato patronal de farmácias da região de Passo Fundo (Sindunort), o Sindifars recorreu ao Tribunal Regional do Trabalho para definição de dissídio coletivo, apresentado e aprovado pelos desembargadores do trabalho. Foi publicado o acórdão referente ao dissídio com vigência de 01º/08/17 a 31/07/18.

O Dia Internacional do Farmacêutico foi comemorado em grande estilo na capital paraibana, Fruto de uma parceria entre o SIFEP - Sindicato dos Farmacêuticos do Estado da Paraíba e o Conselho Regional de Farmácia da Paraíba, através da Comissão de Farmácia Comunitária do CRF.

Publicado na última sexta-feira (21), o Decreto nº 9.507 vai permitir que o Ministério do Planejamento defina quais serviços poderão ser terceirizados pelo governo. A regra altera decreto de 1997, que previa a contratação indireta apenas para atividade de limpeza, segurança, transportes, informática, recepção, telecomunicações e manutenção de prédios e equipamentos. Para presidente da Fenafar, o novo decreto representa mais um passo no sentido da precarização do trabalho.

A Anamatra lançou em suas redes sociais a campanha “O que a Justiça do Trabalho tem a ver com você?”. A ideia é esclarecer, em um vídeo didático, a importância desse ramo do Judiciário, suas competências, bem como chamar a atenção para o voto consciente.

O presidente da Argentina, Mauricio Macri, extinguiu o Ministério do Trabalho para conter gastos públicos em um momento que enfrenta desemprego e caos social. No governo de Michel Temer, o Ministério do Trabalho virou pasta decorativa. Mas pode piorar. O candidato à Presidência do Brasil pelo PSDB, Geraldo Alckmin, cogitou em julho, no programa Roda Viva, acabar com a pasta.

Na próxima legislatura, que começa em 1º de fevereiro de 2019, a bancada da segurança pública, também conhecida como a "bancada da bala", terá aumento significativo, passando de 35 para 60 deputados. A informação é do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap). 

Com a derrubada do veto, que aconteceu nesta quarta-feira (17), na sessão do Congresso Nacional, volta a valer o texto da MP 827, e os os agentes receberão R$ 1.250 a partir de 2019; 1.400 em 2020 e R$ 1.550 em 2021.

Após declarar formalmente seu apoio a Fernando Haddad para presidência da República, as centrais sindicais entregaram ao candidato um manifesto explicando, ponto por ponto, porque a eleição de Haddad é melhor para a classe trabalhadora brasileira.

O candidato à Presidência da extrema-direita, Jair Bolsonaro é um dos 13 autores do Projeto de Lei (PL) 6055/2013, com objetivo de proibir o atendimento médico para vítimas de abuso sexual, pelo Sistema Único de Saúde (SUS), garantido pela Lei 12.845, também de 2013.

O julgamento pelo Supremo Tribunal Federal (STF) da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4067, que discute a validade de dispositivos da Lei 11.648/08, que regulamentou o funcionamento das centrais sindicais, sobre a destinação do imposto sindical para as centrais, foi adiado para a próxima quarta-feira (19), tendo em vista que não foi pautada nesta quarta (11). A votação está empatada em 3 a 3.

ctbcntufndccnsubmcebesbaraoces

UA-480112034-1