Sindifars realiza assembleia em Tramandaí

No último dia 24/1, o Sindicato dos Farmacêuticos do Rio Grande do Sul (Sindifars) esteve presente em Tramandaí, juntamente a outros sindicatos, na realização de uma assembleia, para debater uma série de pautas relacionados ao descumprimento de direitos dos trabalhadores do município.

 

 

Entre os temas discutidos estiveram o atraso no depósito dos salários, não reposição salarial há 4 anos (num rápido cálculo isso corresponde uma defasagem de 32%), não cumprimento previsto no edital do concurso, além de condições de trabalho precárias, como falta de materiais para o atendimento aos pacotes.

A assembleia definiu por fazer atos de reivindicações nos dias 1º/2 e 8/2, quando serão realizadas novas assembleias pra, caso os salários não sejam pagos, deflagrar greve.

“Solicitamos mediação do Tribunal Regional do Trabalho. Aguardamos o agendamento da reunião. Além de tentarmos regularizar os

 pagamentos, que inclui a segunda parcela do 13°, também para pressionar a gestão para negociação objetivando um acordo coletivo de trabalho.”, explicou a presidente do Sindifars, Debora Melecchi, presente na assembleia.

Simultaneamente a isso, o jurídico do Sindifars está estudando ações judiciais para cobrança dos direitos não cumpridos conforme estipulado no edital do concurso público.

Seguimos em frente, destacando- se a importância da participação dos trabalhadores e a unidade de ação entre os sindicatos. 

Fonte: Sindifars

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.