II Encontro Nacional de Estudantes em Defesa do SUS – O direito à saúde em tempos de golpe

Ocorreu no dia 30/01, em Fortaleza, uma roda de conversa entre cerca de 50 estudantes de graduação e pós-gradução que contou com a participação do Diretor de Juventude e Direitos Humanos da Fenafar, Dalmare Anderson, que também é Diretor de Saúde da Associação Nacional dos Pós Graduandos (ANPG) e representante do movimento estudantil no Conselho Nacional de Saúde.

 

No encontro, que aconteceu durante a 10ª Bienal de Cultura e Arte da UNE, foi discutido como a conjuntura nacional impacta na Saúde Pública e na construção e defesa do SUS, bem como a necessidade de encontrar novas ferramentas de luta e unificação na defesa desta conquista democrática (o SUS).

Para Dalmare, “temos que unificar os movimentos em torno da pauta da saúde, porque saúde é democracia. O SUS nasceu com o movimento de luta pelo retorno da democracia no Brasil, e agora o golpe atinge seu coração. É importante mobilizarmos as bases do controle social do SUS, que são os conselhos locais de saúde para alcançar a transformação da sociedade através desta política que é de tanta importância pra nós.”

O evento contou com a participação do grupo Cirandas da Vida.

Pela tarde houve produção de uma carta por um grupo de trabalho, que ainda não esta disponível.

Da redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.