Sindifars decide aderir à greve nos hospitais

O Sindicato dos Farmacêuticos no Estado do Rio Grande do Sul (Sindifars), em assembleia geral extraordinária realizada em conjunto com os demais sindicatos da área da saúde, no último dia 27, definiu realizar greve por 48 horas, a partir das 7 horas da manhã do dia 9 de novembro de 2016. A justificativa da decisão é a frustração das categorias na negociação do reajuste salarial.

Ainda, ficou deliberada a continuidade da assembleia para o dia 11 de novembro de 2016, a fim de ser realizada uma avaliação do movimento, bem como a eventual manutenção do movimento grevista caso não seja apresentada nova proposta pelo sindicato patronal (Sindihospa).

No período, em respeito aos usuários e as previsões da Lei de Greve, serão mantidos em funcionamento apenas os atendimentos das necessidades inadiáveis da população.

“Estavam presentes representantes de várias entidades, que expuseram indignação quanto à postura do Sindhospa. Todos concordaram que devemos lutar pela reposição do INPC +5%”, declarou a diretora do Sindifars, Helena Cavalcanti Ransolin.

Fonte: Sindfars

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.