Ministério do Trabalho apresenta proposta que pode por fim ao impasse entre farmacêuticos e Hospitais

Terminou na manhã desta quarta-feira, 24/05, mais uma reunião de negociação coletiva entre o Sindicato dos Farmacêuticos de Minas Gerais – Sinfarmig, o Sindicato dos Hospitais Clínicas e Casa de Saúde de Minas – Sindhomg e representantes dos 15 hospitais denunciados pelo Sinfarmig por prática ilegal da jornada 12X36 na Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Minas Gerais (SRTE) do Ministério do Trabalho (MT).

Foram mais de duas horas de diálogo na tentativa de selar um acordo e avançar na pauta de reivindicação dos farmacêuticos hospitalares. Novamente a representação patronal foi intransigente e ofereceu um reajuste ínfimo e, por sinal menor que a inflação do período, além de não aceitarem estabelecer piso salarial para os farmacêuticos hospitalares.

Entretanto, visando mediar o impasse o Ministério do Trabalho propôs que fossem levadas para discussão em Assembleias, tanto no Sinfarmig quanto no Sindhomg, as seguintes propostas para as campanhas salariais 2016 e 2017:

• Campanha Salarial 2016

1- Reajuste salarial de 9,49% para farmacêuticos hospitalares retroativo a data base 1º de junho de 2016. O índice de 9,49% é equivalente a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) nos 12 meses anteriores a data-base (entre junho de 2015 a maio de 2016).

2- Renovação das demais cláusulas e condições da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) vigente

• Campanha Salarial 2017

1- Reajuste salarial de 4% para farmacêuticos hospitalares a partir da data base 1º de junho de 2017. O índice de 4% é equivalente a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) nos 12 meses anteriores a data-base (entre junho de 2016 a maio de 2017).

2- Autorização para prática da escala especial de plantão 12×36 a partir de 1º de junho de 2017

3- Renovação das demais cláusulas e condições da CCT vigente

O farmacêutico que atua em jornada 12×36 ou 12×60 pode procurar o Sinfarmig para entrar com ação requerendo as horas extras pelos anos trabalhados neste regime considerado ilegal.

A entidade sindical também orienta os farmacêuticos que recebem adicional noturno inferior a 50% a entrar em contato para entrar com ação contra o Hospital referente ao descumprimento da Convenção Coletiva de Trabalho.

O Sinfarmig convoca os farmacêuticos hospitalares para uma Assembleia no dia 29/05 com o intuito de avaliar a proposta apresentada. “Estamos no momento mais importante da campanha salarial e por isso convidamos toda a categoria para acompanhar todo o processo de negociação. Lembramos que esta hora é fundamental para os farmacêuticos hospitalares estarem juntos aqui. Só assim podermos avançar e garantir o cumprimento dos nossos direitos e conquista de uma Convenção mais justa e digna”.

Serviço:

Próximas Negociações:

Reunião direta entre Sinfarmig e Sindhomg

Data: 31/05

Horário: 15h

Local: Rua Carangola, 225 – Sto Antônio, Belo Horizonte

Reunião mediada pelo Ministério do Trabalho entre Sinfarmig e Sindhomg

Data: 12/06

Horário: 8h

Local: Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Minas Gerais (SRTE) – Rua dos Tamoios, 596 – Centro – Belo Horizonte

Fonte: Sinfarmig

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.