PE: CCT das Farmácias e Drogarias vai para mediação no MPT-PE

As negociações entre o Sinfarpe e o Sincofarma não avançaram, e, na quinta reunião entre as duas entidades, realizada na tarde de quinta-feira, 18, o patronato não apresentou nenhuma novidade e manteve as contrapropostas já apresentadas em reuniões anteriores.

 

Os empresários rejeitaram a proposta que defendia as 30 horas de trabalho e o reajuste de acordo com o índice inflacionário. Em relação à contraproposta para uma jornada de 40 horas, os patrões sequer indicaram um valor, e ainda mantiveram o salário de R$ 2.751,00 para uma carga horária de 42 horas. O Sinfarpe rejeitou as contrapropostas e já providenciou ofício ao MPT-PE, solicitando o agendamento da mediação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *