Sinfargo realiza assembleia e aprova cobrança da contribuição sindical

Na última quarta-feira, 13 de dezembro, o Sindicato dos Farmacêuticos de Goiás realizou a última Assembleia Geral da categoria em 2017. A assembleia aprovou que o Sinfargo cobre a contribuição sindical em 2018, no valor de R$ 160,00.

A sessão aconteceu na sede do Conselho Regional de Farmácia (CRF) com primeira chamada às 18h30min e segunda chamada às 19h00 para primeira pauta e com primeira chamada às 20h00 e segunda chamada às 20h30 para a segunda pauta. Durante a sessão foram relembradas campanhas importantes realizadas pelo sindicato durante o ano, como Farmacêutico Laranja Não! Que buscou a conscientização por parte dos farmacêuticos dos perigos e desvantagens de se tornarem “laranjas” em farmácias. Ademais, a assembleia contou com a participação da presidente do CRF, Ernestina Rocha, e da presidente da Associação dos Farmacêuticos de Rio Verde, Luana Santos.

“Superou minhas expectativas [a assembleia]. Estou saindo com a certeza de que devemos trabalhar para fortalecer nossa classe”, afirma Luana. Ficou decidido, por unanimidade, na assembleia em questão a autorização da cobrança sindical da categoria no valor de R$ 160,00. Esse valor pode ser pago em parcela única até o dia 28/02/2018, depois dessa data a empresa descontará o dia de salário de acordo com o valor recebido pelo farmacêutico. Além disso, ficou decidido em assembleia, por unanimidade, a alteração de três artigos do estatuto. No Artigo 25, a alteração se deu na reforma da vacância dos cargos; a partir de agora, serão escolhidos diretores para os cargos em aberto de acordo com a disponibilidade de dedicação ao sindicato, independente da ordem de sucessão. No Artigo 54, a taxa confederativa foi suprimida. Por fim, o Artigo 57, que diz respeito a definição da taxa confederativa, foi revogado.

Fonte: Sinfargo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.