MG: Fórum Estadual de Luta pela Valorização da Profissão Farmacêutica repudia desmonte do SUS

O Fórum Estadual Permanente da Luta pela Valorização da Profissão Farmacêutica decidiu nessa quinta 09/06, durante reunião no Conselho Regional de Farmácia (CRF/MG), iniciar um movimento de repúdio contra o processo de desmonte do SUS que está sendo promovido pelo governo interino do vice-presidente, Michel Temer. Este foi um dos principais pontos acordados entre as entidades que irão publicar uma notademonstrando a indignação e a preocupação com o sucateamento do Sistema de Saúde.

O diretor do Sinfarmig Rilke Novato alertou que o Ministro Interino da Saúde, Ricardo Barros, fez declarações que ameaçam um direito constitucional, o acesso universal à saúde. Ele explicou que o plano do Governo Federal Interino é rever o gasto obrigatório com a Saúde, o que revela intenção clara de sucatear o sistema a fim de justificar uma participação maior da rede privada. “Entendemos essas afirmações como um ataque público a um direito conquistado com muita luta e que hoje é um marco do Brasil. Entendemos, também, que há interesses privatistas e corruptos por trás dos ataques ao SUS. Não podemos deixar que conquistas tão fundamentais como essas sejam retiradas”, explicou.

Os Projetos de Lei sobre (Piso Nacional, 30 Horas e Farmacêutico no SUS) que serão debatidos no Fórum Nacional em Brasília nos próximos dias 14 e 15/06 também estiveram na pauta da reunião. O Fórum levantou outras propostas em prol da categoria e irá estudar a viabilidade para executá-las. A Coordenadora do Fórum e diretora do Sinfarmig, Júnia Lelis, informou que os trabalhos serão realizados dentro de um cronograma. Ficou estabelecido um calendário mensal de reuniões, toda segunda quinta de cada mês. A próxima está agendada para o dia 14/06, às 18h, na sede do Sinfarmig.

Fonte:Sinfarmig

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.