; FENAFAR:: Federação nacional dos Farmacêuticos - Fenafar

Notícias por Categorias

1º de março é a data-base da categoria farmacêutica. É tempo de reajuste salarial, determinado por novos acordos coletivos de trabalho (CCTs) para a categoria farmacêutica. Mas a sua folha de pagamento só vê aumento depois que encerrarem as negociações do Sindfar/SC com os sindicatos patronais, que representam as empresas.

A Federação Nacional dos Farmacêutico vem a público manifestar o seu repúdio à reportagem veiculada pelo Jornal Nacional desta terça-feira, 20 de fevereiro, sobre a contribuição sindical.

As duas entidades se reuniram na sede do Conselho com o objetivo de planejar ações conjuntas em benefício da categoria. Neste primeiro encontro, já estão sendo encaminhadas algumas medidas que representam vantagens e conquistas para os farmacêuticos do Estado de São Paulo.

No dia em que o país é tomado por manifestações contra a votação da reforma da Previdência, o presidente do Congresso Nacional, Eunício Oliveira (MDB-CE), determina a suspensão total da PEC da reforma da Previdência da agenda legislativa do congressso até o final do ano.

A realidade demonstra que se está caminhando cada vez mais para dentro do labirinto jurídico criado pela reforma e quanto mais se buscam saídas para a sua aplicação, mais distante se estará da saída.

Com dificuldade em ampliar sua base de votos para aprovar a reforma da Previdência, o governo reeditou sua propaganda oficial em defesa da proposta que restringe os direitos previdenciários no Brasil.

Nesta quarta-feira, 21, o Ministro da Saúde, Ricardo Barros, homologou a Resolução 565 do Conselho Nacional de Saúde, que trata sobre a garantia da prestação de Assistência Farmacêutica em Hospitais.

O Conselho Nacional de Saúde (CNS), durante 302ª Reunião Ordinária do órgão colegiado, recomendou que a Comissão Intergestora Tripartite (CIT), composta por gestores de saúde dos municípios, estados e União, prorrogue a atual consulta pública sobre tratamento de dados pessoais de pacientes até 30 de março de 2018.

Apesar de reconhecer que todo governo deve avaliar as políticas públicas para reformulação e aperfeiçoamento, o ex-ministro da Saúde, Arthur Chioro, afirmou que o fechamento das 517 farmácias no Programa Farmácia Popular é uma estratégia equivocada.

Reportagem mostra como a coleta de dados pessoais pelas farmácias pode ser a ponta do iceberg de uma sinistra política que prejudica humanos e privilegia empresas.

O presidente Michel Temer sancionou no dia 2 de janeiro a Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2018, que prevê R$ 3,5 trilhões de receitas e despesas da União para o exercício financeiro deste ano. Este será o primeiro orçamento aprovado após a vigência da Emenda Constitucional do Teto de Gastos (EC 95), que limita as despesas públicas à inflação do ano anterior pelos próximos 20 anos.

Com o orçamento limitado pela emenda constitucional que prevê um teto de gastos para o governo federal, as vítimas preferenciais da escassez de recursos em 2018 serão as áreas sociais, em especial a Saúde e Educação.

ctbcntufndccnsubmcebesbaraoces

UA-480112034-1