; Projeto do CNS e Opas cria Biblioteca Digital para democratizar o acesso à informação em saúde - Fenafar

1

Projeto do CNS e Opas cria Biblioteca Digital para democratizar o acesso à informação em saúde

Saúde

O Conselho Nacional de Saúde (CNS) e a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas/OMS), por meio do Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (Bireme), estão desenvolvendo um projeto de cooperação técnica para a criação da Biblioteca Digital da Informação em Saúde do Brasil com publicações técnicas e científicas, documentos e relatórios do CNS. 

 

Nesta terça-feira (29/6), a Bireme apresentou uma proposta preliminar da biblioteca aos coordenadores das Comissões e das Câmaras Técnicas do CNS, que já conta com cerca de 900 registros de livros, artigos de periódicos, relatórios, resoluções, recomendações, moções, atas de reuniões e vídeos sobre o controle social, o SUS, as conferências nacionais de saúde e outros. O lançamento está previsto para dezembro de 2021.

Por meio de um portal, a Biblioteca Digital do CNS vai organizar o acervo bibliográfico, modernizar o acesso a publicações, democratizar o acesso à informação em saúde e potencializar o intercâmbio de conhecimento e evidências em prol da contínua melhoria dos sistemas de saúde, educação e de pesquisa no Brasil.

O projeto também prevê a integração da coleção do CNS no portal da Biblioteca Virtual em Saúde do Brasil e a indexação dessas publicações nas bases de dados ColecionaSUS (Coleção Nacional das Fontes de Informação do Sistema Único de Saúde) e LILACS (Literatura Latino-Americana e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde).

A conselheira Priscilla Viégas, integrante da Mesa Diretora do CNS, destacou a importância da participação dos membros das Câmaras Técnicas, Comissões e Grupos de Trabalho na construção do Sistema e afirmou que a iniciativa sinaliza bons frutos para ações do controle social e da saúde pública no Brasil. “O controle social produz importantes conteúdos utilizados na vida cotidiana das pessoas que se dedicam à defesa da política pública de saúde nos seus territórios”, disse.

“O conhecimento produzido pelo controle social, diferente daquele produzido sobre o controle social, não usa prioritariamente o que chamamos de ‘literatura nobre’ como forma de expressão, mas de formas mais capazes de expressar o pragmatismo complexo da produção da saúde no cotidiano. Por isso, é de um potencial de inovação muito relevante essa parceria”, afirmou o professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e representante da Rede Unida no CNS, Alcindo Ferla.

“A disponibilização da coleção de publicações técnica e científica do Conselho Nacional de Saúde na Biblioteca Virtual em Saúde será de suma importância para a população brasileira, para o fortalecimento do Sistema Único de Saúde e a Base de Dados Coleção Nacional das Fontes de Informação do Sistema Único de Saúde (ColecionaSUS), que visa contribuir para a plena divulgação da produção institucional dos estados e municípios, utilizando as ferramentas do modelo BVS”, explicou Shirlei Rodrigues, coordenadora da BVS Brasil e da Coordenação de Disseminação de Informações técnico científica em Saúde do Ministério da Saúde.

Bireme

O Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde, mais conhecido pela sigla Bireme, atua desde 1967 para o desenvolvimento da saúde das populações da Região das Américas, promovendo a cooperação entre países, a democratização do acesso à informação científica e técnica. O trabalho potencializa o intercâmbio de conhecimento e evidências em prol da contínua melhoria dos sistemas de saúde, educação e de pesquisa em diferentes países.

Fonte: SUSConecta
Publicado em 02/07/2021

UA-480112034-1