; Movimento Social - Fenafar

Sidebar

1

O consultor jurídico da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino, Contee, José Geraldo de Santana Oliveira, analisa em artigo o que acontece com a perda de validade da MP 873. A medida provisódia, editada por Bolsonaro em março, não foi votada e os dispositivos que alteravam a CLT impedindo o desconto da contribuições sindicais em folha perderam a vigência. Os sindicatos têm mais um fôlego na luta para manter suas portas abertas, garantindo a livre organização sindical, como previsto na Constituição de 1988. 

As centrais sindicais divulgaram nesta segunda-feira a seguinte nota sobre o arquivamento da Medida Provisória 873, baixada por Jair Bolsonaro com o propósito de sufocar financeiramente o movimento sindical:

Em todos os estados, brasileiros manifestaram repúdio ao corte de 30% no orçamento das universidades federais. Levantamentos apontam que mais de 200 cidades realizaram atos e mobilizações. UNE já convoca para o dia 30 de maio uma nova rodada de ações pelo Brasil. Vem aí o #30M. Farmacêuticas e farmacêuticos, estudantes de farmácia e pesquisadores também aderiram às mobilizaçõesm em todo o país.

Mais Artigos...

UA-480112034-1