; Cresce mobilização social contra o golpe e Frente Brasil Popular lança agenda de luta; confira - Fenafar

1

Cresce mobilização social contra o golpe e Frente Brasil Popular lança agenda de luta; confira

Movimento Social

Após a reunião do coletivo nacional da Frente Brasil Popular (FBP), nesta segunda-feira (20), ficou definida uma extensa agenda de mobilizações populares em todo o país para os próximos meses de 2016. As atividades incluem atos de protesto, marchas, caminhadas, festivais e debates, todos norteados pelas palavras de ordem: “Não ao golpe. Fora Temer!”.

 

A Frente é formada por dezenas de entidade civis, sindicais e partidárias e nasceu como uma força política e social contra o avanço conservador em curso no país, com ameaça de forte retrocesso nos direitos sociais e trabalhistas. A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil-CTB, presidida por Adilson Araújo, integra o movimento desde o ato de sua fundação no ano passado.

A proposta agora é intensificar a mobilização popular e os próximos meses abrigarão uma diversidade de protestos e manifestações por direitos sociais. Alguns deles devem contar com a presença da presidenta Dilma Rousseff. Nesta sexta-feira (24) um ato em defesa da Petrobras, do pré-sal e da soberania nacional ocorrerá em São Paulo, na avenida Paulista.

Na outra semana, na quarta-feira (29), haverá o Ato em defesa da Democracia, da Educação Pública, e dos Direitos dos trabalhadores em Educação, que vai mobilizar todos os segmentos relacionadas com a educação para denunciar as medidas do governo interino de Michel Temer. O protesto será em frente ao Ministério da Educação e Cultura, em Brasília.

No dia 6 de julho haverá uma marcha em Brasília em defesa do SUS, e entre os dias 18 e 23 de julho diversos atos vão marcar a semana de manifestações pela saúde pública no país. Os servidores públicos das esferas federal, estadual e municipal saem às ruas no dia 12 de julho na Marcha Nacional dos Servidores dos Servidores Públicos, em Brasília.

Outros temas que serão lembrados nos protestos e mobilizações populares são os direitos das mulheres, a defesa de uma política externa “ativa e altiva” e a permanente resistência ao golpe e à retirada de direitos sociais e trabalhistas.

Olimpíadas

Uma marcha popular marcará a abertura das Olimpíadas no dia 5 de agosto, no Rio de Janeiro, e um acampamento de resistência em Brasília – o Acampamento Nacional Popular - vai acompanhar a votação do impeachment que deverá acontecer entre os dias 16 e 17 de agosto.

Confira os eventos já programados no país:

Junho

Dia 24/06 – Ato em defesa da Petrobrás em São Paulo

Dia 25/06 - Marica- RJ: encerramento do Festival Internacional da Utopia

Dia 27/06 – Caravana da Democracia em Pernambuco

Dia 28/06 – Ceará: Ato da Juventude com Dilma e encontro com governador e ato de rua

Dia 29/06 - Pará Ato em Belém

Dia 29/06 - Encontro de Direitos Humanos contra o Golpe em Brasília

Dia 29/06 – Ato Nacional em defesa da Educação

Dia 30/06 - Plenária Nacional da Educação

Dia 30/06 - São Paulo ato das Mulheres – a confirmar

Dia 30/06 – Festival Internacional da Resistência (Salvador-BA)

Julho

Dia 2/07 - Caminhada da Liberdade, da Democracia e contra o Golpe - Salvador - BA

Dia 4/07 - Ato dos Juristas no auditório Petrônio Portela no Senado Federal

Dia 4/07 – Ato “Em defesa de uma política externa ativa e altiva”, com Celso Amorim, em São Paulo, na Casa de Portugal.

Dias 5 e 6/07 – Encontro dos Juristas em Defesa da Democracia em Brasília

Dia 6/07 – Movimento Negro contra o Golpe – Ato em Belo Horizonte

Dia 6/07 - Marcha em defesa do SUS, da Seguridade Social e da Democracia em Brasília.

Dia 11 a 16/07 – Jornada Nacional de Panfletagem

Dia 12/07 - Marcha dos Servidores das Estatais em Brasília

Segunda quinzena de Julho (indicativo) – “Encontro Nacional da Classe Trabalhadora”, em São Paulo.

Dia 18/07 – Reunião do Coletivo Nacional da FBP, em São Paulo.

Dia 18 ao 23/07 – Semana nacional em defesa do SUS – Contra a retirada dos médicos estrangeiros

Dias 19 e 20/07– Tribunal Internacional de Julgamento dos Golpistas, no Rio de Janeiro, Teatro Casa Grande.

Dia 25/7 – Dia latino-americano e Caribenho da Mulher Negra

Dia 25/7 - Mobilização unitária dos trabalhadores rurais em Aracajú-SE

25 a 31/7: Jornada Nacional dos Trabalhadores Rurais.

Dia 26/7 - Congresso Nacional de Estudantes de Agronomia, em Fortaleza-CE

Dia 29/7 - Concentração de camponeses no Assentamento Dionísio Cerqueira, em no oeste de Santa Catarina

Dia 30/7 - Jornada de Agroecolog no Paraná

Dia 30/07 – Plenária sobre a Reforma urbana e a luta pela Democracia, em São Paulo

Agosto

Dia 1/8 - Vigília Inter-Religiosa no Rio, tendo como eixo a exclusão social nas Olimpíadas.

Dia 5/8 - Marcha nacional contra o Golpe na abertura das Olimpíadas, no centro do Rio de Janeiro.

10 dias prévio à votação no Senado - Acampamento Popular em Brasília

17/08 – Indicativo de Votação no Senado

28/08 – Plenária da FBP em São Paulo

Novembro

12 a 15/11 – II Conferência da Frente Brasil Popular  

Fonte: CTB
Publicado em 22/06/2016

UA-480112034-1