; Manaus apresenta propostas ao SUS para Assistência Farmacêutica - Fenafar

Manaus apresenta propostas ao SUS para Assistência Farmacêutica

Fenafar e Sindicato em ação

O Conselho Nacional de Saúde (CNS), a Escola Nacional dos Farmacêuticos e a Fiocruz realizaram o Encontro Regional Preparatório para o 8º Simpósio Nacional de Ciência, Tecnologia e Assistência Farmacêutica (8º SNCTAF), em Manaus (AM). A atividade, que ocorreu dias 23 e 24 de agosto, integra as ações rumo à 16ª Conferência Nacional de Saúde (8ª + 8).

Na capital amazonense, participaram lideranças do controle social brasileiro, ativistas sociais, acadêmicos, usuários, trabalhadores e gestores do SUS. Dentre os participantes, a farmacêutica Genise Kauany. “Estamos aqui para discutir nossas dificuldades e verificamos que a construção feita aqui pode nos ajudar em nível local e também contribuir com as atividades da 16ª Conferência Nacional de Saúde”, disse.

O mesmo foi afirmado pelo diretor da Fiocruz Amazônia, Sérgio Luiz Bessa. “Reafirmamos aqui os princípios do SUS contra o desmonte da saúde e contra a restrição dos recursos na área. Trouxemos nossas características regionais e estamos saindo daqui com um documento que vai contribuir com a etapa nacional”, disse.

Jorge Carneiro, presidente do Conselho Municipal de Saúde de Manaus, destacou a defesa dos direitos constitucionais dos cidadãos e cidadãs no Brasil. “A gente vive um momento onde é necessário discutir essas propostas para garantir que o direito à saúde seja mantido”.

O presidente do CNS, Ronald dos Santos, explicou que as pautas trazidas de forma coletiva pelos participantes do Encontro Regional serão mobilizadoras de discussões importantes para a sociedade brasileira durante a 16ª Conferência, o maior evento de participação social do Brasil. “O povo brasileiro precisa criar forças para resistir diante desse contexto. Saúde é direito e isso precisa orientar as ferramentas políticas. O que nós acumulamos aqui será apresentado ao povo, durante as conferências”, afirmou.

Propostas

Entre as propostas discutidas na sede da Fiocruz Amazônia, foi apresentada a necessidade de aliar as universidades ao desenvolvimento do SUS, com práticas de ensino que unam corpo discente e docente nos serviços públicos de saúde. Outra demanda trazida foi a formação e a capacitação de profissionais farmacêuticos como ação estratégica de Estado para promover a qualidade na oferta de serviços e ações de saúde a população, valorizando os trabalhadores da área.

Além de Manaus, os encontros passarão por Curitiba (PR), Salvador (BA), Recife (PE) e Belo Horizonte (MG). O 8º SNCTAF acontecerá em dezembro, na sede da Fiocruz, no Rio de Janeiro, e se articula aos eixos: Saúde das Pessoas com Deficiência; e Assistência Farmacêutica e Ciência e Tecnologia. Neste sentido, o relatório dos Encontros Regionais realizados agora servirá de subsídio ao 8º SNCTAF, que, em seguida, levará suas contribuições para a 16ª Conferência, marcada para 2019.

Saiba mais

A 16ª Conferência terá como tema central Democracia e saúde: saúde como direito e consolidação e financiamento do SUS e deve reunir cerca de 10 mil pessoas de todo o país. No decorrer de 2018, o CNS deliberou que uma série de atividades aconteçam de forma articulada com questões transversais de equidade, saúde de pessoas com patologias, ciclos de vida, promoção, proteção e práticas integrativas, alimentação e nutrição e educação permanente. Acesse o site da 16ª Conferência.

Os debates destacaram a necessidade de mais investimentos para aprimoramento do Sistema Único de Saúde (SUS). O encontro contou com o apoio do Ministério da Saúde e da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas).

Inscreva-se para as próximas etapas 

Fonte: Conselho Nacional de Saúde
Publicado: 27/08/2018

 

Artigos

UA-480112034-1