; Assembleia Sinfarce x Sincofarma: Categoria aprova indicativo de Greve - Fenafar

1

Assembleia Sinfarce x Sincofarma: Categoria aprova indicativo de Greve

Fenafar e Sindicato em ação

O Sindicato dos Farmacêuticos do Ceará realizou ontem, 21 de Março, no Meridional Convenções, Assembleia Geral Extraordinária. Auditório lotado e atento para discutir com a diretoria do Sinfarce os novos direcionamentos da negociação com o Sincofarma. Mais de 70 farmacêuticos participaram do encontro.

 

Após exitosa campanha nas Redes Sociais, apoiada amplamente pela categoria, o Sincofarma retomou as negociações em duas reuniões que ocorreram nos dias 13 e 20 de março. Nas duas ocasiões os representantes do Sindicato insistiram em propostas que não geram ganho real e retiram direitos da categoria.

 

O Sindicato dos Farmacêuticos avaliou as propostas como enrijecimento da relação entre os entes e propôs que a categoria deliberasse em Assembleia novos encaminhamentos para próxima reunião que deverá ocorrer dia 28 de março.

 

Os dirigentes do Sinfarce reforçaram que a ideologia norteadora da entidade não concede, em nenhuma hipótese, retrocessos em direitos, conquistados ao longo de muitos anos e de muita luta. Desde 2009, ininterruptamente, o Sindicato atua na progressão de ganhos e direitos.

 

Em irrestrito apoio a Categoria decidiu, portanto, instalar indicativo de greve e propor reajuste de 10%, além de inclusão de Cláusula que tipifica as funções dos Farmacêuticos nas farmácias, considerada, pelos presentes, importante ferramenta de valorização e ordenação da atuação do profissional; foi proposto, ainda, aumento no vale-refeição no valor de 12 reais e a Cláusula que dispõe sobre os plantões da categoria.

 

A Assembleia traçou conjecturas acerca do delicado momento político do país e do avanço de ações contra o trabalhador e contra os Sindicatos.

Após reunião com o Sincofarma o Sindicato dos Farmacêuticos do Ceará deverá reunir-se novamente com a categoria com objetivo de delinear novas ações.

 

O Sinfarce reiterou a importância da luta, da participação e do envolvimento da categoria para o êxito das proposições, garantindo mais um ano de ganho real e impacto verdadeiro na vida dos profissionais farmacêuticos.

 

Falou também, ao final, da importância da sindicalização e do pagamento das contribuições ao SINFARCE, pois esses recursos são destinados à defesa dos profissionais.

 

Fonte: Sinfarce
Publicado em 30/03/2017

UA-480112034-1