; Saúde - Fenafar

Estudos mostram que os convênios baratos não vão melhorar o acesso à saúde, nem reduzir os gastos, tampouco diminuir o tempo de espera no atendimento. A proposta do governo amplia o papel do setor privado na saúde, leia no artigo de Rafael da Silva Barbosa*

A União das Negras e Negros pela Igualdade (Unegro), entidade com representação no Conselho Nacional de Saúde (CNS), propôs aos delegados da 1ª Conferência Nacional de Saúde (CNVS), que encerra amanhã (02/03) a aprovação de uma moção de repúdio à Emenda Constitucional nº 95/2016, que congela os gastos sociais do governo por 20 anos e, consequentemente, prejudica gravemente o Sistema Único de Saúde (SUS).

“O SUS é nosso, ninguém tira da gente. Direito garantido não se compra, não se vende!”. Com palavras de ordem, cânticos indígenas e reflexões sobre os rumos da Vigilância em Saúde no Brasil, aconteceu, na noite desta terça (27/02), a abertura oficial da 1ª Conferência Nacional de Vigilância em Saúde (1ª CNVS).

Mais Artigos...

Artigos

UA-480112034-1