; Fenafar e Sindicato em ação - Fenafar

A Convenção Coletiva de Trabalho firmada entre o Sindicato dos Farmacêuticos do Maranhão e o Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Maranhão foi homologada pelo Ministério do Trabalho e Emprego. O reajuste concedido foi de 8,97% para a jornada de trabalho de 40 (quarenta) horas semanais, o piso salarial de R$ 2.529,19 (dois mil quinhentos e vinte e nove reais e dezenove centavos).

A crise política e financeira que se instalou no Brasil tem sido usada por inúmeros gestores municipais e estaduais como justificativa para o descaso com a administração pública e com a prestação dos serviços essenciais à população. Em Fortaleza, não é diferente: o prefeito Roberto Cláudio negou, na última semana, reajuste aos servidores do município. Em um ano de inflação desenfreada e instabilidade econômica, os agentes públicos municipais da capital cearense terão que amargar perda salarial.

Mais Artigos...

Artigos