; Fenafar e Sindicato em ação - Fenafar

A convenção coletiva que estabelece o piso salarial dos farmacêuticos do comércio da maioria das cidades de Santa Catarina foi publicado pelo Ministério do Trabalho e Emprego. Com isso, está oficializado o reajuste dos colegas que atuam nas farmácias e drogarias do Estado. Nas folhas de pagamento do mês de junho, devem constar o valor mínimo de R$ 2.970,00 para quem cumpre 44 horas semanais. O auxílio-creche, previsto na convenção para farmacêuticos pais e mães com filhos/as até seis anos, passa a ser de R$ 140,00.

Mesmo com as dificuldades impostas pelo cenário político e econômico, foi firmada em 30 de maio, a Convenção Coletiva de Trabalho para os farmacêuticos da Indústria Farmacêutica. A negociação alcançou reajuste acima da inflação do período e os benefícios importantes foram reajustados com ganho real sobre a inflação como o PLR (aumento de 6,95% - inflação 4,57%); Adicional de RT e Co-RT, salários – (aumento de 5% - inflação de 4,57%).

Na última sexta-feira, 02 de junho, a Fenafar esteve reunida com o diretor da Oficina regional para o Brasil da Organização Internacional do Trabalho (OIT), Peter Poschen. No encontro discutiram-se as parcerias já desenvolvidas entre a Federação e a OIT e foi apresentado um memorando com um projeto de novas iniciativas a serem realizadas no próximo período.

Mais Artigos...

Artigos