; 1º Simpósio de Economia da Saúde debate desafios da gestão pública em saúde - Fenafar

1º Simpósio de Economia da Saúde debate desafios da gestão pública em saúde

Saúde

Realizado nos dias 19 e 20 de junho, o 1º Simpósio de Economia da Saúde, organizado pelo Ministério da Saúde nos dias 19 e 20 de junho, reuniu gestores, acadêmicos, pesquisadores e técnicos da área com o objetivo de ampliar o conhecimento sobre o tema e promover a troca de experiências entre os diversos atores, tanto na gestão pública como no setor privado.

Para o presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS), Ronald dos Santos, convidado para o simpósio, o debate é um importante reforço para a construção de políticas públicas que sustentem a saúde como direito de todos. “As informações, estudos e pesquisas apresentadas aqui nos permite tomar muitas decisões que orientem a política pública, seja na organização de serviços ou desenvolvimento científico e tecnológico”. 

O simpósio foi realizado na Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) e abordou a eficiência dos sistemas de saúde, modelos híbridos de remuneração dos serviços de saúde, desafios da regulação de medicamentos e insumos para saúde no brasil, entre outros temas. 

“Foi muito importante e reforçou algumas das nossas convicções, entre elas a responsabilidade do Estado com a política pública e financiamento, o quanto estamos subfinanciados comparando internacionalmente, como se dá a participação do público e do privado e que interesses estão servindo a cada uma dessas partes”, afirma Ronald.  

Na ocasião, os participantes acompanharam a palestra sobre Análise do Gasto Público da Saúde baseado na Metodologia do System of Health Accounts (SHA) e o lançamento da publicação Contas do SUS na perspectiva da Contabilidade Internacional: Brasil 2010-2014.

Fonte: CNS
Publicado em 27/06/2018

Artigos

UA-480112034-1