; Fenafar no FSM debate Resistência Bacteriana: Ameaça ao Mundo! - Fenafar

Fenafar no FSM debate Resistência Bacteriana: Ameaça ao Mundo!

Movimento Social

A Federação Nacional dos Farmacêuticos e o Sindicato dos Farmacêuticos no Estado da Bahia convidam para as atividades que serão realizadas durante Fórum Social Mundial da Saúde e da Seguridade Social, que acontece de 10 a 12 de março de 2018, em Salvador/BA.

O debate sobre Resistência Bacteriana se faz necessário, pois a resistência a antibióticos é uma ameaça mundial à saúde pública, que pode afetar pessoas de qualquer idade. A cada ano, morrem cerca de 700 mil pessoas em todo o mundo por infecções causadas por bactérias resistentes. Segundo um estudo encomendado pelo governo britânico, a partir de 2050, esse número poderá chegar a dez milhões por ano. Chegaremos rapidamente a um cenário em que as infecções comuns e ferimentos simples, que são tratáveis há décadas, podem voltar a matar novamente.

Clique para se inscrever

No Brasil, está em plena vigência a obrigatoriedade da compra de antimicrobianos com prescrição médica, e também do registro de todos os dados da dispensação, com o envio semanal para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), de maneira ter uma série histórica que embase a atuação da agência regulamentadora.

Nessa caminhada, de garantir qualidade de vida às pessoas, um trabalhador de saúde, como o farmacêutico, se faz presente por toda essa trajetória, da pesquisa a orientação, atuando em conjunto aos demais trabalhadores.

Os farmacêuticos atuam direta ou indiretamente com a qualidade de vida das pessoas (desde a indústria de medicamentos e alimentos, cosméticos, análises clínicas, vigilância em saúde à farmácia), o que nos caracteriza como trabalhadores de saúde tendo por principal produto e ferramenta do trabalho o medicamento voltado para cuidar bem das pessoas.

Mas no combate a resistência bacteriana, destacamos que se faz necessário, além da prescrição e do uso racional de medicamentos, que os Governos incentivem o desenvolvimento de novos antibióticos de baixo custo, que não dependam de patentes, bem como formas mais ágeis de diagnósticos, sendo assim é fundamental o debate com a sociedade, profissionais de saúde, gestores e usuários do sistema de saúde.

Esta atividade acontecerá durante o Fórum Social Mundial da Saúde e da Seguridade Social, que acontece de 10 a 12 de março de 2018, em Salvador. O Fórum tem o propósito de dialogar com a sociedade civil mundial comprometida com a luta pelo direito humano à saúde e à seguridade social, consideradas como um bem público, opondo-se ao discurso e prática neoliberal que a situam no campo dos serviços, transformando-a numa mercadoria geradora do lucro.

Dia 12/03/2018

VII Fórum Social Mundial da Saúde e Seguridade Social

Local: Escola de Enfermagem da UFBA - Campus Canela
Das 15h às 18h

Mesa Redonda - Resistência Bacteriana: Ameaça ao Mundo!

Aspectos a abordar:

Aspectos epidemiológicos, Ambiente Hospitalar, Produção e abastecimento, Analises Clinicas e Laboratórios de Saúde Publica, Assistência Farmacêutica publica e privada e Uso Racional de medicamentos

Informações:

Federação Nacional dos Farmacêuticos - 11-3259-1191
Sindicato dos Farmacêuticos da Bahia - 71-3266-0464
Inscrições Gratuitas: www.fenafar.org.br
Apoio: CNS - CRF/BA - Escola Nacional dos Farmacêuticos


Publicado em 08/03/2018

Artigos

UA-480112034-1