; Sinfarce realiza Assembleia e delibera nova paralisação - Fenafar

Sinfarce realiza Assembleia e delibera nova paralisação

Fenafar e Sindicato em ação

Farmacêuticos que atuam em farmácias e drogarias estiveram reunidos nesta quarta-feira, 9 de maio, na Sede da Sociedade Brasileira de Análises Clínicas do Ceará para Assembleia da categoria. O encontro, debateu a situação dos Sindicatos que representam Farmacêuticos pelo País.

A Diretoria apresentou levantamento, enviado para a Organização Internacional do Trabalho, e que mostra, infelizmente, o encerramento de atividades de Sindicatos ou redução do seu horário de atendimento. Isso, segundo a Presidente do SINFARCE Lavinia Magalhaes, resultado direto da Reforma Trabalhista e suas nefastas consequências para o movimento sindical como um todo.

Ponderou, ainda, juntamente com outros Diretores, sobre a importância da sindicalização e que, apesar de algumas farmácias dificultarem o repasse da contribuição sindical, é imprescindível que o farmacêutico solicite junto à Farmácia; o objetivo é manter o pleno funcionamento do SINFARCE.

O Diretor de Comunicação, Thiago Magalhães, apresentou o novo site do sindicato e demonstrou como emitir o boleto da taxa associativa. Enfatizou, ainda, os diversos convênios que o SINFARCE possui com empresas reconhecidas no mercado.

Convenção Coletiva de Trabalho

A Convenção Coletiva de Trabalho SINFARCE/SINCOFARMA foi tema do segundo momento do encontro. A Presidente do SINFARCE relatou a última reunião com o patronal e que prevaleceu, em praticamente todas as cláusulas, a proposta apresentada anteriormente em outras reuniões. Isso, é claro, depois de diversas tentativas do sindicato em acelerar o processo de negociação.

A categoria entendeu e manifestou, na ocasião, total descontentamento com a continuidade da postura de retirada de direitos. Então, decidiu, por unanimidade, realizar nova paralisação, dia 29 de maio e com local a ser definido e divulgado posteriormente.

Ielano Vasconcelos, Diretor do SINFARCE, ao final, conclamou a categoria para mais um ato que pretende ser histórico e destacou a importância da união dos profissionais farmacêuticos do Estado diante do descaso com a profissão.

Fonte: Sinfarce
Publicado em 11/05/2018

 

Artigos

UA-480112034-1