; Fenafar se reúne com deputado autor de iniciativa para impedir cursos à distância - Fenafar

Fenafar se reúne com deputado autor de iniciativa para impedir cursos à distância

Fenafar e Sindicato em ação

A Fenafar se reuniu, em São Paulo, com o deputado federal Orlando Silva (PCdoB-SP), para discutir sobre a abertura de cursos de graduação em saúde na modalidade EAD.

A reunião, que aconteceu no último dia 22, e foi motivada porque o parlamentar é autor do Projeto de Lei 2891/2015 que Altera a Lei nº 7.498, de 25 de junho de 1986, que regulamenta o exercício da enfermagem, para nela incluir a obrigatoriedade de formação exclusivamente em cursos presenciais para os profissionais da área". Orlando Silva também é autor do Projeto de Decreto Legislativo (PDC) 733/17, que pede a suspensão uma portaria do Ministério da Educação (MEC) que estabelece normas para o credenciamento de instituições e a oferta de cursos superiores a distância (EAD).

A modalidade EAD para estas graduações em saúde no entendimento dos participantes da reunião é um sério risco a saúde pública. No estado de São Paulo a UNG - Universidade de Guarulhos já abriu curso e está funcionando na modalidade "híbrida" com aulas presenciais a cada 15 dias, para graduação em farmácia

Participaram da reunião com o deputado, a a diretora de relações Internacionais da Fenafar, Gilda Almeida, a Diretora do Sinfar/SP, Priscila Valtier, o vereador de Santana do Parnaíba, Cadu da Farmácia, Danyelle Marini, diretoria do CRF/SP.

Da redação
Publicado em 27/03/2018

Artigos

UA-480112034-1