; Patrões só oferecem INPC com condição de exclusão de direitos - Fenafar

Patrões só oferecem INPC com condição de exclusão de direitos

Fenafar e Sindicato em ação

Em reunião de negociação realizada na última quinta-feira (03), os representantes do Sincamesp e Sincofarma apresentaram contraproposta que contempla o reajuste salarial pelo INPC, condicionado à exclusão das cláusulas que garantem o abono aposentadoria e também da obrigatoriedade de rescisões de contratos com mais de um ano no sindicato.

Em reunião de negociação realizada na última quinta-feira (03), os representantes do Sincamesp e Sincofarma apresentaram contraproposta que contempla o reajuste salarial pelo INPC, condicionado à exclusão das cláusulas que garantem o abono aposentadoria e também da obrigatoriedade de rescisões de contratos com mais de um ano no sindicato.

Tal contraproposta é uma afronta aos trabalhadores, uma vez que mostra que os patrões estão chantageando a categoria – e não negociando.

O Sinfar-SP reafirma o seu compromisso pela manutenção dos direitos adquiridos em convenções anteriores. Não aceitamos reajuste salarial condicionado à perda de direitos. A Comissão de Negociação também rechaçou a contraproposta, porém, a decisão final sobre ela é da categoria, em Assembleia Geral Extraordinária, que será realizada em três datas, na sede do Sinfar-SP (Rua Barão de Itapetininga, 255 - cj. 1009/1010 - República, São Paulo - SP):

Quinta-feira, 10 de agosto – 1ª chamada: 17h30 | 2ª chamada: 18h

Sexta-feira, 11 de agosto – 1ª chamada: 14h | 2ª chamada: 14h30

Sábado, 12 de agosto – 1ª chamada: 09h | 2ª chamada: 09h30

Faça sua parte, compareça à Assembleia Geral Extraordinária do Comércio Varejista e Atacadista. Sua participação ao lado do seu sindicato é fundamental para evitar retrocessos e planejar os próximos passos para que a categoria seja valorizada.  

Fonte: Sinfar-SP
Publicado em 09/08/2017

Artigos

UA-480112034-1